8 dicas de como usar o Marketing Digital aliado à tecnologia para reter seus alunos em meio à crise

No Marketing para o segmento educacional, muito se fala em atrair novos alunos para torná-los clientes das instituições de ensino. Entretanto, o trabalho do Marketing não para por aí; na verdade, ele está praticamente começando quando o futuro estudante fecha uma venda.

A partir daí, é preciso utilizar as táticas de Marketing Digital para reter os alunos. É essa retenção que vai aumentar as chances de seu negócio ser sustentável. Para se ter uma ideia, dados do Inep de 2014 apontam que 49% dos estudantes que entraram no ensino superior abandonaram as salas de aula. Já imaginou o que isso significa para a receita da instituição de ensino?

E, no cenário de crise em que estamos vivendo, esse risco se torna ainda maior, já que aumentam as chances de os alunos perderem parte de sua renda e se virem obrigados a escolher entre as despesas que manterão. E, se sua instituição não estiver gerando valor para o estudante, será muito mais fácil que ele opte por abandonar os estudos.

Por isso, neste post vamos elencar algumas formas de utilizar o Marketing Digital e a tecnologia para reter seus alunos em meio à crise. Acompanhe!

1. Abuse dos serviços online

Em uma época em que as pessoas estão dependendo cada vez mais da internet e da tecnologia mesmo para os serviços mais básicos, sua instituição precisa estar preparada para oferecer o máximo de serviços possível online, principalmente aqueles ligados ao relacionamento com sua base de estudantes e clientes.

Por exemplo, ofereça ao menos os serviços básicos, como consulta virtual à grade de horários, comunicação com a coordenação ou secretaria da instituição, solicitações de declarações e documentos e outros.

Esse tipo de praticidade aumentará a satisfação dos estudantes e pais com sua instituição e fará com que se sintam bem atendidos. Além disso, você pode usar recursos para monitorar o uso desses serviços no site ou no aplicativo da sua instituição para aprender mais sobre o comportamento e as preferências dos seus usuários.

Leia mais: 7 DICAS PARA ATRAIR MAIS ALUNOS PARA O SEU CURSO ONLINE

2. Antecipe cenários com análise preditiva

Análise Preditiva é uma ferramenta que utiliza tecnologias como a Inteligência Artificial para antecipar cenários futuros, baseando-se em acontecimentos semelhantes do passado e do presente. No contexto educacional, a análise preditiva pode ser utilizada para projetar estatísticas de inadimplências, matrículas, rematrículas e outras.

Quando se trata de retenção, é essencial ter esse tipo de dado para que a instituição possa tomar decisões chave para ultrapassar os desafios ou aprimorar o que estiver dando resultados positivos.

Também é possível utilizar a análise preditiva para planejar o orçamento, já que isso pode influenciar nas receitas da escola. Assim, a instituição poderá usar os dados para compreender os possíveis contextos que surgirão e se preparar para eles, melhorando-os quando possível por meio de estratégias de Marketing.

3. Crie estratégias de nutrição da audiência

O Inbound Marketing é uma metodologia que ajuda a atrair e a se relacionar com o público, levando-o à compra ou recompra de um produto ou serviço. Utilize esse método para reter seus estudantes e pais e engajá-los constantemente.

Por exemplo, você pode usar um software de automação de marketing para disparar e-mails com conteúdos de tempos em tempos. Esse conteúdo deve ser segmentado de acordo com os interesses dos alunos e pais (crie segmentações diferentes segundo os perfis distintos de estudantes e pais). Vale criar conteúdo com um plano de estudo para os alunos, dicas para os pais se envolverem na educação dos filhos…

Perceba que é importante que cada perfil de cliente receba um conteúdo diferente, para que ele realmente engaje com a comunicação e mantenha um relacionamento com você. Quanto mais segmentado e certeiro for seu conteúdo, mais você gerará valor para a audiência.

Leia mais: O CORONAVÍRUS E A OPORTUNIDADE NO MERCADO EDUCACIONAL ONLINE

4. Faça o cálculo médio da probabilidade de evasão

Uma ação fundamental para diminuir a taxa de evasão de alunos é realizar um cálculo médio da probabilidade de evasão de cada aluno. Informações como o perfil socioeconômico do estudante, o local em que ele mora, o nível de instrução dos pais, a escolaridade anterior e a performance do estudante (habilidades que ele apresenta no currículo) podem auxiliar neste cálculo.

5. Invista em estratégias digitais de relacionamento

Nesse momento de crise, investir em táticas que sejam ao mesmo tempo educacionais e de Marketing Digital é uma forma de reter os estudantes. Por exemplo, já que não é possível realizar eventos presenciais, que tal criar cursos, oficinas e seminários online?

Esse tipo de evento pode reengajar os alunos que não estão conseguindo se concentrar nos estudos, e mantê-los motivados a continuar, além de ter o potencial de atrair novos estudantes para sua instituição.

Além disso, esse tipo de ação ajuda a preparar os alunos para os mercado, principalmente quando traz novidades da indústria, ajuda a ampliar a rede de contatos. Também é uma forma de reforçar a imagem da instituição no mercado.

Caso decida por cobrar uma pequena inscrição pelo evento, também é uma forma de elevar a receita da instituição, embora isso deva ser feito depois de uma cuidadosa análise de processos de gestão acadêmica e financeira, para não ter o efeito contrário e espantar o público-alvo.

Leia mais: 10 TENDÊNCIAS DA TECNOLOGIA NA ÁREA DE EDUCAÇÃO EM 2020

6. Use os dados estrategicamente

Plataformas de Automação de Marketing, Big Data e Business Intelligence mostram diversos dados que podem ser utilizados para reter estudantes. No segmento administrativo-acadêmico, você pode identificar padrões de comportamento, por exemplo, que apontam se o estudante tem tendência a abandonar a instituição.

Assim, você pode usar táticas de Marketing Digital e Inbound Marketing para retê-lo. Estratégias de incentivo, conteúdos que ajudam a resolver problemas financeiros ou pessoais, descontos por frequência nas aulas ou por performance são algumas alternativas.

7. Utilize ferramentas de comunicação para melhorar o atendimento

Um modo eficaz de contribuir para a retenção de alunos é oferecer um atendimento em tempo integral e rápido. Nesse sentido, é importante contar com ferramentas que tornem a comunicação mais ágil, como chatbots. Com eles, é possível atender estudantes e pais ininterruptamente, respondendo a dúvidas frequentes quase em tempo real e de um jeito eficiente.

Além disso, mesmo sendo uma máquina, chatbots podem ser bastante amigáveis, uma vez que é possível praticamente “imitar” uma conversa humana com esse recurso. Por exemplo, a ferramenta é capaz de identificar intenções e perguntas e procurar a resposta em uma base de dados, que vai crescendo com o passar do tempo. A ferramenta ajuda a reduzir o tempo de retorno e o desencontro de dados.

Também é possível programar um chatbot para redirecionar o usuário para determinar ações, como uma rematrícula. Em geral, o recurso poupa o tempo produtivo dos funcionários da instituição e eleva a satisfação do público, ajudando a retê-lo.

Leia mais: VOCÊ SABE QUAIS SÃO AS CATEGORIAS DE INFOPRODUTOS MAIS VENDIDOS NO MUNDO?

Se você gostou do conteúdo e está interessado em um diagnóstico gratuito da sua plataforma de cursos, entre em contato com a Betminds e descubra como você pode se sobressair em meio a crise.

Confira também: CASE DE SUCESSO: PROFESSOR NOSLEN & BETMINDS

Será um prazer ajudá-los, principalmente quando o assunto é Inbound.


SAIBA MAIS

👉 Como transformar a audiência do seu Canal do Youtube em clientes recorrentes

👉 Tudo o que você precisa saber sobre Inbound Marketing

Acompanhe a Betminds nas redes sociais: curta a página no Facebook, siga no Instagram.

Compartilhar:
Tk Santos

Tk Santos

Sócia e CMO na Agência Betminds, formada em Publicidade e Propaganda, MBA em Transformações Digitais com mais de 6 anos de experiência em Marketing e Produção de Conteúdo Digital.

Deixe uma resposta