Inbound Commerce: veja como a sua loja virtual pode vender mais com essa metodologia

Com as novas formas de busca e a mudança no comportamento dos consumidores no ambiente online, as estratégias para atração de novos clientes e, consequentemente, para alcançar os resultados planejados no e-commerce, mudaram. E foi nesse contexto, que surgiu o inbound commerce.

Basicamente, trata-se de uma adaptação do inbound marketing para a realidade das lojas virtuais, conservando o mesmo conceito, mantendo a mesma estrutura (atração, conversão e fidelização), mas adaptando-se a algumas particularidades do setor

Sendo assim, além da criação de blogs com conteúdos relevantes para o público consumidor, do uso estratégico das redes sociais, do e-mail marketing e do conceito de personas, são criados outros mecanismos de atração e conversão dos visitantes que ainda não estão prontos para fechar o pedido em algum site.

Para isso, adotam-se estratégias para obter e utilizar informações relevantes sobre cada cliente para promover ações específicas voltadas a ele, com o objetivo de aumentar as chances de venda. Desse modo, dados como as páginas que visitou, os produtos colocou ou deixou de colocar no carrinho, o tempo que passou visualizando cada item, entre outros, fornecem informações preciosas para o desenvolvimento dessas ações.


Processos do Inbound Commerce

Além de todos os métodos indispensáveis do inbound marketing, para se ter sucesso no trabalho com sua loja virtual é preciso levar em consideração os seguintes pontos:

  1. Além de conhecer sua persona, conheça bem a jornada de compra dela: Separe em quatro momentos e realize um trabalho para cada um: descoberta, reconhecimento, solução e decisão de compra. Assim, o conteúdo criado será direcionado para cada uma das vertentes e você poderá dividir todo o seu público por interesse.
  2. Crie landing pages para captação de leads: Diferente do que estamos acostumados no e-commerce, neste momento as landing pages não terão função de vender o seu produto, mas sim de captar leads que serão alimentados com conteúdo até chegarem no momento da decisão de compra. Lembre-se que quanto mais você aparecer, mais será lembrado quando seu cliente decidir escolher onde comprar.
  3. Aproveite suas skills de otimização de loja online: produz materiais chamativos e assertivos. A ideia aqui é gerar cliques, leituras, até chegar no ponto final de conversão.

 

A implementação do inbound commerce é recomendada para e-commerces que precisam transformar os visitantes do seu site em oportunidades de negócio. Você têm conseguido converter seu tráfego com eficiência? Vamos bater um papo?


Segundo estimativa da ABComm, “o comércio eletrônico deve atingir um volume de vendas de R$ 79,9 bilhões em 2019, o montante representa um crescimento de 16% quando comparado com o resultado atingido em 2018 pelas lojas virtuais do Brasil”. A conclusão que tiramos é que este é o momento de aproveitar e fazer um trabalho bem feito e assertivo.

Se quiser saber mais sobre e-commerce, não deixe de conferir nosso ebook: como transformar sua loja virtual em um e-commerce de sucesso.


 

 


Acompanhe a Betminds nas redes sociais: curta a página no Facebook, siga no Instagram.

Compartilhar:
Rafael Dittrich

Rafael Dittrich

Rafael Dittrich é Ceo e um dos fundadores da Betminds, atua há 10 anos no mercado digital trabalhando em grandes e-commerces com faturamento acima de 50 milhões por ano, com especialidade multidisciplinar tem know how em diversas áreas como operação, logística, atendimento, tecnologia e marketing digital.

Deixe uma resposta